sábado, janeiro 03, 2009

Verso e reverso




Poesia faria, arrelia ao coração;
Faria bater depressa aqui, na minha
Mão triste, vazia, minha uma canção
Que outrora não tinha…

Faz nascer uma identidade brasão,
Assim andar novamente na certa linha;
Dela desviar e dessa forma então
Ser contradição só minha…



emmanuel rodrigues

3 de janeiro, 2009


5 comentários:

Lucas Nietzel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dai Gothic Angel disse...

suas palavras se encaixam d tal maneira q me inveja*-*
vim agradecer por ser meu seguidor
e por gostar dos meus poemas^^
tenho outros sim soh me falta tempo^^
bom... to perdida aki no blog
tentei ser sua seguidora mas naum axei onde 0.o
nem sei como consegui fazer no do Lucas rss
seu blog eh mto bom
bjusss

litafigueiredo disse...

Amigo, por que tens postado tão pouco aqui em teu blog? És tão inteligente, tens capacidade de criar, esse poema mesmo, é lindo!
Além de que podes falar sobre qualquer assunto que mexa contigo. Por que não te soltas mais, tens o dom da palavra, isso é fácil de se ver.
Beijos, amigo!

Pensadora disse...

Emmanuel,

Sinto saudades de suas postagens...
Volta logo, viu?!

Beijos da Pensadora.

Prof. Robson Santos disse...

Garoto, vamos atualizar o blog né...