sexta-feira, outubro 17, 2008

Porque me sinto só???


Noite das nuvens que passam,
Escuro dos bens que seguem
Pelo longo caminho e se acham
Sem ninho, com o que os perseguem.


Verdade que me deixa doroso,
Sofrendo a queixa do vazio n'alma
Noutro caminho mais tortuoso
Deixando-me sempre sem paz nem calma.


Nesta via muito de novo encontro:
Não antes conhecia a dor das cores
Azul, verde, vermelho, e pronto
Me sinto também a novos sabores.


A inércia e o vazio junto invade.
Eis um assunto que muito me dói
Pois neste ardor há triste verdade:
A dor da solidão vem e corroi...


Emmanuel Henrique

16/10/08


Sempre acho que meus textos nunca revela a profundidade que quero qndo venho a escrevê-los... mas tento. Falta somente prática para conseguir pôr tudo para fora. Esse daqui é uma confissão que fiz. Espero que gostem. Nda tem de grande qualidade, tem somente o fundamental: meus sentimentos. Há coisas que talvez só eu mesmo entenda o que eu quero dizer, mas se consegui traduzir mesmo o que sinto, vcs poderão tb sentir.

7 comentários:

Luiza disse...

Você não sabe, mas eu amo poesia, acho demais as pessoas se expressarem através dela...é linda

Lucas Nietzel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pi disse...

é Lucas, e com o tempo a gente vai se acostumando com a forma de expressão poética. Aprendendo a tranformar sentimento em verso.

Vlw!

pi disse...

hum! Gosta de poesia Luiza?
ah! vou te fazer viciada aqui então!
rsrsrs

tem um monte ja. Aos poucos vou publicando!

Ana disse...

Emmanuel Amei seu poema...
Consegue tocar bem no fundo da alma, e pode ter a certeza que mesmo que vc pense que eles não demonstram tudo aquilo que sente, eles vão além disso...
Acaba de ganhar uma Fã...

Parabéns...
Beijoss

lita figueiredo disse...

Dá para entender e muito bem o que seu poema expressa, principalmente para quem vive ou já viveu algo parecido. O poema é muito bom, coloca seus conflitos para fora e, não liga para o que o Lucas disse, ele é poeta sim, pois escreve o que sente, isso é ser poeta. A poesia de "encomenda" é aquela que sai depois de vc refletir tanto sobre aquele assunto e acabar desabafando a sua opinião, o que vc sente sobre aquele tema. É claro que não sai na hora, mas acaba saindo, pois mexe com os sentimentos e daí para desabafar é um pulo. Com certeza, a segurança, a facilidade de se expor, vêm com o tempo de prática, mas poesia é desabafo, desabafo do que tem sabor de fel e do que tem sabor de mel...continue escrevendo, amigo, é uma ótima terapia e é arte, pura arte. Beijos!!!

pi disse...

Vlw Lita! e volte sempre!

=]