sábado, outubro 11, 2008

- Renato Russo -




Renato Júnior... Saudades...

Saudades de alguém que nunca vi, escutei pessoalmente ou pude conhecer, mas que me conhece como mais ninguém... Tenho saudades de canções que você nunca fez e de coisas que nunca falou. Saudades de não poder ter te conhecido... Não deu tempo. Foi covardia!! Foi covardia não esperar minha adolescência e juventude. Seria demais se assim tivesse sido... Mas não foi... Saudades...



Com influencia de alguns amigos on-line, como o Lucas, resolvi fazer esse blog para falar. Só isso: Falar. Não ia postar hoje, mas devido à data, 12 anos da morte do Renato, estou colocando esse pequeno texto que fiz depois de ver o especial da Globo ano passado, em setembro. Não escrevi muito, mas resumi meus sentimentos aqui. Pode não parecer, mas coloquei um monte de sentimento nele. Espero que tenha conseguido transmitir. Depois posto algo sobre mim.

Força sempre!

5 comentários:

Lita figueiredo! disse...

Lindo texto, emmanuel! Adoro Renato Russo....vc começou bem o seu blog falando algo para esse cara que foi, para mim, um enigma, mas tbm, um dos maiores artistas do Brasil. Parabéns!!!
Em tempo: texto perfeito!!!

Ana disse...

Ola
Confirmo o que a Lita disse... começou de um dos melhores jeitos que podia começar... Falando dos seus sentimentos por um grande poeta...
Amo as músicas dele também...
Parabéns pelo lindo texto...

Fico muito feliz que tenha gostado do meu blog...

pi disse...

De nada Ana!

e o seu ja ta nas paradas de sucesso do meu. rsrsrs

ta nos favoritos. Visitarei ele sempre!

Lucas Nietzel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
pi disse...

é isso aí Lukas! Renato pra mim é meu mestre. Ele conseguia dizer tudo aquilo que eu quero e que não sei como fazê-lo. Pena que ele se foi... por isso digo q é covardia isso. Mta covardia.

Vlw Lucas!